A escolha do melhor tratamento para a impotência

A escolha do melhor tratamento para a impotência

A escolha do melhor tratamento para a impotência causada pelo câncer de próstata cabe ao médico e não ao plano de saúde. Em caso de negativa, paciente pode procurar a Justiça e requerer uma liminar para se submeter à cirurgia.Tratamento pode incluir acompanhamento psicológico associado ou não a terapia medicamentosa e/ou implante de prótese peniana semirrígida ou inflável.

Entre as diversas campanhas de conscientização e prevenção do câncer, a campanha chamada Novembro Azul é, talvez, a mais “necessária” entre todas as outras. Remédio para Impotência

Isso porque o foco da campanha é o câncer de próstata, doença que afeta exclusivamente os homens e, infelizmente, os rapazes não dão tanta atenção à saúde como fazem “as meninas”, principalmente quando o assunto é prevenção. Daí o motivo de o movimento “Novembro Azul” ser tão importante.

Além da conscientização da importância da prevenção, também é importante que o homem busque mais informações sobre o tratamento e seus efeitos.

Uma das consequências que mais preocupam o paciente é a possibilidade de ficar impotente e sofrer com disfunção erétil, uma das sequelas mais sérias e comuns decorrentes do tratamento cirúrgico do câncer de próstata (a cirurgia é chamada de prostatectomia radical – retirada da próstata).

A cirurgia de remoção da próstata implica em alto risco não só para a disfunção erétil, como também em relação a problemas de ejaculação e orgasmo.

A maior ou menor incidência, bem como a maior ou menor extensão desses efeitos colaterais dependerá de diversos fatores, tais como a idade do paciente, a situação da função erétil antes da cirurgia, o estágio do câncer, a habilidade do cirurgião e até a técnica cirúrgica utilizada.

O direito à cobertura da cirurgia através da técnica mais adequada foi abordado em outra publicação recente de nosso blog, disponível em: “Cirurgia Robótica para o tratamento do câncer de próstata”.

Realizada a cirurgia e sendo verificado o indesejado efeito colateral da disfunção erétil, é importante que o paciente saiba que existem tratamentos disponíveis, que vão desde o acompanhamento psicológico até o uso de medicamentos para auxílio da ereção e implante de próteses penianas.

Add a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *